Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim das Delícias



Sexta-feira, 09.07.21

Uma Rapariga Enlouquecida - W. B. Yeats

a noite fez-se para amar 1a.jpg

 

W. B. Yeats  Uma Rapariga Enlouquecida

006-2013a.jpg

 

(Adão Cruz)

Essa rapariga enlouquecida improvisando a sua música,
A sua poesia, dançando sobre a praia,
Com a alma de si mesma dividida
Trepando, caindo sem saber aonde,
Escondendo-se entre a carga de um vapor,
De joelhos esfolados, essa rapariga, eu a declaro
Algo de majestoso e belo, ou algo
Perdido heroicamente, heroicamente achado.
Ocorresse o que ocorresse
Ela deixava-se envolver pela desesperada música
E envolvida, envolvida, construía o seu triunfo
Onde os fardos e os cestos não produzem
Qualquer som comum inteligível
Mas cantavam: «Ó faminto mar, mar esfomeado.»
 
(in "Os Pássaros Brancos e outros poemas", Relógio D'Água)
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Augusta Clara às 21:35


2 comentários

De Eugénio a 10.07.2021 às 01:33

W. B. Yeats é um poeta wue gosto muito. O meu prederido é An Irish Airman foressees his death. Uma delícia, sem dúvida.
Boa noite
Eugénio

De Augusta Clara a 10.07.2021 às 02:56

Obrigada pelo seu comentário. Vou ver se descubro esse poema que não conheço.

Boa noite
Augusta Clara

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • frar

    NÃO FALES EM EUROPA FALA EM LIBERDADE!---> a l...

  • Augusta Clara

    Pela minha parte obrigada Inês. Bj

  • Anónimo

    A poesia é como a música. Compreendo-o. E a Baremb...

  • Augusta Clara

    Obrigada pelo seu comentário. Vou ver se descubro ...

  • Eugénio

    W. B. Yeats é um poeta wue gosto muito. O meu pred...


Links

Artes, Letras e Ciências

Culinária

Editoras

Filmes

Jornais e Revistas

Política e Sociedade

Revistas e suplementos literários e científicos